• Debora Domingues

Revender produtos dá lucro?

Atualizado: Ago 20


Revender produtos é uma excelente alternativa para quem quer complementar a renda do mês. Com as vendas, você pode garantir uma folga no orçamento para aproveitar o tempo livre ou comprar umas coisinhas a mais.


Quem se dedica fielmente ao negócio pode até tirar toda a sua renda dali e viver só disso, sabia? A lucratividade da revenda é bastante interessante, e sempre haverá público para os seus produtos ― afinal, quem não gosta de um atendimento personalizado para comprar os produtos que gosta?


Se você está pensando nessa ideia, você deve avaliar quais seriam os seus ganhos e se eles estão dentro das suas expectativas para o mês. Então, quer botar na ponta do lápis se vale a pena ser um revendedor ou uma revendedora? Vamos ajudar você nessa tarefa. Confira agora.


O que você vai ler neste artigo:

  • Vale a pena ser revendedor(a)?

  • Fazendo as contas da sua lucratividade

  • O papel do fornecedor na sua lucratividade

Vale a pena ser revendedor(a)?

Como saber se vale a pena abrir um negócio? Existe uma série de fatores que você deve avaliar, como o investimento inicial, os custos mensais, o tempo que você vai precisar dedicar a ele e a capacidade da empresa de dar o retorno que você espera.

Esses são apenas alguns fatores que entram na decisão. Mas é certo que ser revendedor(a) acaba sendo muito vantajoso, porque já supera diversos obstáculos:

  • Você não precisa fazer um investimento inicial ― basta comprar os produtos que você vai revender;

  • Você não precisa ter gastos com aluguel de uma loja, já que poderá vender na sua própria casa ou fazer visitas para mostrar os produtos;

  • Você pode conciliar com seu emprego atual ou dedicar o tempo que quiser, fazendo seus próprios horários;

  • Com baixos custos, você pode ter uma alta lucratividade e ter uma renda satisfatória!

É sobre esse último ponto, então, que vamos falar agora: a lucratividade.


Fazendo as contas da sua lucratividade

A lucratividade é um dos números mais importantes de um negócio, pois indica o investimento que você fará nele realmente trará o retorno que você quer. Fazer esse cálculo é muito importante para que você avalie se vale a pena desenvolver essa atividade. E nós vamos mostrar que revender produtos pode ser muito interessante e lucrativo.

Mas você sabe o que é lucratividade? É um valor percentual que mostra quanto dinheiro fica com você depois de fazer as vendas e descontar os custos e despesas. Então, se você vendeu um produto a R$ 50, mas teve um custo de R$ 20 com matéria-prima,água, luz e telefone, esse produto teve uma lucratividade de 60%.

Você pode fazer esse cálculo por produto, por linha de produtos ou para o negócio como um todo, considerando seu estoque de produtos disponíveis para venda e todos os custos mensais.

Quais são os custos envolvidos na revenda de produtos?

Ao contrário de abrir uma loja, se você optar por revender produtos, não precisará alugar um ponto fixo e poderá trabalhar na sua própria casa ou fazendo visitas aos clientes. Isso acaba sendo muito vantajoso, porque os custos envolvidos nessa atividade serão menores. Você, basicamente, terá o custo da compra dos produtos que vai revender.

Em cima desse custo, você deverá colocar uma margem de revenda, já considerando seus gastos com água, luz, telefone, impressões, impostos (caso tenha CNPJ) e divulgação (caso invista algum dinheiro em panfletos, cartões de visita e anúncios, por exemplo).


Como calcular a lucratividade?

Então, com os custos mapeados, você pode calcular sua lucratividade. Considere que o ticket médio das vendas seja de R$ 85 e que você tenha um custo de R$ 51 por produto. Então, a sua margem de lucro por venda é de R$ 34, o que representa uma lucratividade de 40% (R$ 34 / 85 x 100).

Imagine, então, que você venda 30 produtos nesse mês. Então, o seu lucro seria de R$ 1.020 (R$ 34 x 30 produtos). Se você vendesse 50 produtos, o lucro seria de R$ 1.700. É um complemento bem interessante para a sua renda, não é? Se vender um pouco mais, a revenda de lingerie pode até se tornar a sua renda principal!


O papel do fornecedor na sua lucratividade

Para garantir maior lucratividade, você deve dedicar total atenção para a escolha do fornecedor dos produtos que você vai revender. Seu objetivo é ter clientes fiéis, que comprem sempre com você, não é verdade? Então, você precisa ter produtos de qualidade, que cumprem o que prometem e isso você só conseguirá buscando uma empresa confiável no mercado.

Além disso, os preços de compra para revendedores devem ser diferenciados e atrativos, para que você consiga colocar uma boa margem de lucro e ainda manter o valor atrativo para o seu cliente.

Escolhendo bem seu fornecedor e mantendo o controle das contas, com certeza, você tem tudo para crescer como revendedor(a). Então, mãos à obra!

IMPACTO 8

(11) 953.000.999

  • Preto Ícone Facebook

©copyright - Impacto 8 - 2020 | São Paulo - Brasil | +55 11 953.000.999